• Mestre Guto Lemos

MESTRE, DOMINADOR, SWITCHER, FETICHISTA, SUBMISSO, ESCRAVO - diferenças fundamentais entre importan


Vira e mexe alguns novatos que vem conversar sobre submissão, BDSM, e outros mais pedem pra esclarecer alguns termos usados. Muitas vezes não tem experiência ( até aí nenhum problema), mas começam ja a misturar termos importantes, o que dificulta bastante o entendimento depois de ambas as partes. Nenhum novato tem obrigação de saber, mas cabe esclarecer:

- MESTRE: Um dominador experiente em várias práticas BDSM ( shibari, eletro, suspensão, catéter, bondage, etc ) e capaz de ENSINAR outros doms/ submissos no BDSM SSC ( são, seguro e consensual) nessas práticas. O Mestre deve conhecer também a teoria por trás das práticas, como a origem das mesmas, etc. Enfim, um dominador completo e muito experiente.

- Dominador : o que comanda a sessão de BDSM em suas várias vertentes ( shibari, eletro, suspensão, catéter, bondage, etc ) conduzindo o submisso de forma SSC ( sã, segura e consensual) nas sessões.

- SWITCHER : pessoa que curter ser tanto dominador quanto submisso, dependendo da ocasião, práticas, etc. Para ser um bom switcher é necessário desempenhar bem e separadamente cada papel por vez.

- FETICHISTA: tem tesão/ vontade/ curte em fazer determinadas práticas seja pq já vivenciou, seja pq vê videos e fotos e tem vontade dessas práticas. exemplo: curtir pés, curtir ser xingado, curtir ser amarrado. O foco do fetichista é o fetiche dele, não o dominador, não a submissão. É em sessão que o dominador vai perceber se a pessoa é fetichista ou submissa. Ás vezes a linha é tênue mas o que separa um do outro é o grau de submissão, alguém que curta o fetiche + submissão é submisso.

- SUBMISSO: O submisso tem grande tesão em satisfazer dominadores, estar em posição de ser usado, obedecer e ser mandado. Se o submisso quiser ter dono e for aceito por ele ( coleira), ele virou um escravo.

- ESCRAVO: termo mal compreendido e mal-empregado no meio BDSM.. Vamos começar com o basico, escravo é aquele que tem DONO e pro seu dono deve obrigações. O escravo tbem tem seus poucos limites e ele e seu dono tem isso conhecido e acertado essa parte. os limites de um escravo para seu dono devem ser mínimos e sua entrega MÁXIMA.

retirei os termos Libertino e Passivo do post pq esses nomes nem pertencem diretamente ao BDSM.

Espero ter ajudado a esclarecer melhor o significado desses termos.

Mestre Guto


16 visualizações

© 2014-2020 by Mestre Guto Lemos - all rights reserved. 

  • xvideos2
  • qVCTq7QS
  • OpuJfSgo
  • Instagram ícone social
  • Facebook App Icon
  • Twitter Mestre Guto Lemos