Luxúria - a maior festa de fetiches do Brasil , normalmente segundo sabado de cada mês.

Comandado pelo punk, designer, fetichista e agitador cultural Heitor Werneck, a festa Luxuria que ja tem mais de 11 anos, agita a cena brasileira de fetiches e BDSM, mexendo com o imaginário das pessoas, liberando fantasias e fazendo inclusão de todos os tipos. Lá HTs, gays, trans, sissies, punks, libertinos se encontram pra celebrar a tolerância e diversidade na prática.  Vc ainda não conhece?  Venha, será uma experiêcia única que vc terá que repetir. 

Quer entender mais sobre o Luxúria?  leia o texto SABOROSO E LUXURIOSO do HEITOR !

 

link para ler no original, pra quem quiser ler e seguir a coluna do Heitor Werneck, idealizador da festa Luxúria.

 

https://heitorwerneck.wordpress.com/2017/08/04/onze-anos-de-luxuria/

 

Onze anos de Projeto Luxúria. E 11 anos intensos, entre donos de boate que dão calote, “donos da verdade BDSM”, que são um calote “em si”, e, o melhor de tudo, entre milhões de orgasmos soltos. Aliás, a frase “só o orgasmo salva” tornou-se uma máxima, ao ponto de incomodar até as pseudodamas do bdsm que mal sabem o que é um orgasmo e um deleite.

Sim, o Projeto Luxúria causa ira, ganância, soberba e inveja… Ainda bem que ficamos com o pecado mais gostoso. Tivemos, ao longo desse tempo, DJs, parcerias e hostess que me são saudosos, e outros que sumiram. Muitas pessoas chegaram, algumas com preconeitos, odiando isto e aquilo  ( lembro de dommes que falavam “não fico com mulher, não isto, não aquilo”, e hoje se apaixonam igualmente por homens e mulheres. Ponto para o Luxúria.

 

Vejo pessoas que usam até o termo “luxuriaterapia”, pois, de fato, é uma terapia. Vejo gente que chegou tímida, falando “sou hétero e tal”, e hoje, mesmo continuando hétero, estimula sua próstata em paz…

 

Vejo shibaristas que nasceram, e outros que foram ativos, presentes, e hoje sumiram. Vejos pessoas nuas, lindas, sejam gordas ou magras, com ou sem pinto. E vejo bundas – tanto bundas lindas quanto “caras de bunda”, que querem ditar regras libertinas e BDSMers, que jamais existiram.

 

Vejo dommes que viraram subs, e subs que viraram dommes. DOMs que pedem para comer suas subs, que cobiçam as subs alheiras… Vejo até DOMs que, muitas vezes, rastejam. E vejo mulheres lindas, rainhas, deusas; e muitos homens lindos.

Vejo couro, látex, vinil, como nunca tinha visto. Tanta gente me xingando, me chamando de prepotente, pois sempre falei que, sem visual, não dá… E, hoje em dia, essas mesmas pessoas ditam regras sobre como se vestir.

 

Vejo pessoas longe do Luxúria, e isso me deixa aliviado. Sim, o Luxúria tem um guardião que faz as pessoas nem entrarem. Há uma espécie de seleção natural: ou você tem luxúria, ou não tem; ou você é luxúria, ou não é.

 

Muitas pessoas usam o nome do Projeto Luxúria para ser assunto, ou para ter assunto… Só que muitas dessas pessoas sequer são luxúria.

Luxúria é família, é catarse. Ver a festa em seu apogeu, mais ou menos três horas depois do início, é um orgulho. Ali, qualquer santo ou demônio tem prazer.

 

Não tente imaginar luxúria: seja luxúria!  

Não tente entender luxúria: faça luxúria!

 

E, todos sabem, luxúria está na lama, no limiar do corpo, entre o conceito e o preconceito, no lugar mais delicioso da sua pele e da sua mente. É ali, nos recônditos, que vive a criatura da luxúria. E essa criatura faz você voltar olhares intensos, e fechar as pálpebras com suor; essa criatura causa um frio na barriga, e faz um volume maior de sangue enrijecer membros, umidificar a boca, soltar a língua…

 

No pedaço do corpo em que vive essa criatura, ela abre espaço para receber as carícias de uma outra pele, que tambpem tenha essa criatura… Com direito a chicote, luva, corda, coturno. Pode ter uma mão grossa ou de unhas esmaltadas. Sim, há esmaltes vermelhos, negros.,, Há saltos. Há coturnos . Há sapatos sociais.

 

A semana que antecede, e o pós-Luxúria, são os melhores momentos. Tem as falas de grupos pela Internet, e também o afloramento de raivas, ódios, invejas. Muitas vontades. E as maiores são as vontades de gozar, de ser lindo, de ser luxúria.

 

Porque você é Luxúria, ou não.  Simples assim.

 

É o tal do livre-arbítrio. Tem gente que é preguiça, ira, inveja, ganância, gula… Mas você PODE ser LUXÚRIA…

 

É como já se disse por aí… Muitos são os chamados, poucos os escolhidos…

 

E, para finalizar, obrigado a você, que é luxúria comigo… ou que pode ser luxúria comigo… e faça do mundo uma luxúria… Tente. É melhor, eu garanto!

 

Pobre de quem precisa da autorização de alguém para ser… Independente da posição – ativa, assiva, dom, sub, fêmea, macho etc. –, se você precisa de autorização, companhia ou respaldo para ser, desculpe-me, mas então você não é humano. Você é boiada. Daquele tipo que precisa de um tropeiro de chapéu, botina e chicote (bem gostoso) pra te comandar…

 

Resumindo: 11 anos de Luxúria me ensinaram que quem é, é; e só!

 

Eu sou Luxúria.

 

Meu muito obrigado a todos que gozam.

 

Heitor Werneck

http://www.projetoluxuria.com.br

LUXÚRIA (Lust) - the biggest Brazilian fetish party, every Saturday of each month.

 

Heitor Werneck, a luxury party that is more than 11 years old, stirs the Brazilian scene of fetishes and BDSM, stirring the imagination of people, releasing fantasies and making inclusion of all types. There HTs, gays, trans, sissies, punks, libertines meet to celebrate tolerance and diversity in practice. You still do not know? Come, be a unique experience that you will have to repeat.

 

Want to understand more about Lust? Read the HEITOR'S TASTY AND LUXURIOUS text!

 

link to read in the original, for those who want and follow a column of Heitor Werneck, founder of the party Luxuria ( in Portuguese only, as almost everything in Brazil).

 

https://heitorwerneck.wordpress.com/2017/08/04/onze-anos-de-luxuria/

 

Eleven years of Project Lust. And 11 intense years, among nightclub bosses, "owners of the truth BDSM", which are a default "in itself", and, best of all, among millions of loose orgasms. In fact, a phrase "just saved orgasm" has become a maxim, to the point of bothering even as pseudodamas of bdsm who barely know what an orgasm and a delight.

Yes, the Lust Project causes anger, greed, pride and envy ... It is a good thing we have the most sinful sin. We've had DJs, partnerships and hostesses over the years that I miss, and others that are gone. Many people, please, with the preconeitos, hating the one and that, it is not, it is not that, and today it is passionate about men and women. Point for Lust.

 

I see people who even use the term "luxuriatherapy" because, in fact, it is a therapy. I see people who arrived shy, speaking "I am straight and such", and today, even following the straight, it stimulates your prostate in peace ...

 

I see shibarists who were born, and others who exercise, gifts, and today are gone. You see people who are naked, beautiful, or fat or thin, with or without a chick. And I see asses - both beautiful asses and "ass guys", who want to target libertine rules and BDSMers, which never existed.

 

I see dommes that have become subs, and subs which have become dommes. DOMs that ask to eat their subs, which covet like subs. ... I see even DOMs often crawl. And I see beautiful women, queens, goddesses; and many beautiful men.

I see leather, latex, vinyl, never seen before. So many people cursing me, calling me arrogant, because I always said that, without a visual, it does not work ... And, nowadays, these people are the main rules on how to dress.

 

I see people far from the Lust, and this leaves me relieved. Yes, Lust has a guardian who does like people or even enter. There is a kind of natural selection: either you have lust, or you do not; or you are lust, or you are not.

 

Many people use the name of Project Lust for the subject, or for that matter ... But a lot of people are even lust.

Lust is family, it is catharsis. See a party in its heyday, about three hours after the start, it's a pride. There any saint or demon has pleasure there.

 

Do not try to imagine lust: be it lust!

Do not try to understand lust: do lust!

 

And, everyone knows, lust is in the mud, no threshold of the body, between the concept and prejudice, there is no more delicious place on your skin and your mind. It is there, in the recesses, that we live the creature of lust. And this creature makes you turn intense looks, and close like eyelids with sweat; This creature causes a cold in the belly, and makes a greater volume of blood stiffen limbs, humidify a mouth, loosen the tongue ...

 

On the part of the body in which this creature lives, it opens space to receive as a caress of another skin, which also has this creature ... With the right to whip, glove, rope, coturno. You may have a thick hand or nail polish. Yes, there are red, black enamels. There are jumps. There are coots. There are social shoes.

 

The week before, and the post-Lust, are the best moments. It has as spoken of groups by the Internet, and also the outcries of anger, hatred, envy. Lots of assimades. And how great are they as desires to enjoy, to be beautiful, to be lust.

 

Because you are Lust, or not. That simple.

 

It is that of free will. There are people who are laziness, anger, envy, greed, gluttony ... But you CAN BE LUXURY ...

 

It is as it is said by ... Yours are called, few chosen ...

 

And in the end, thanks to you, that is lust with me ... or it can be lust with me ... and make the world a lust ... Try it. It's better, I assure you!

 

Poor of who needs the authorization of someone to be ... Independent of the position - active, asiva, gift, sub, female, male, etc. -, you are according to the authorization, company or endorsement to be, excuse me, but then you are not human. You're cattle. That guy who needs a hat man, a boot and a whip (so hot) to command you ...

 

In short: 11 years of Lust have taught me that who is, is; and alone

 

I am Lust.

 

In short: 11 years of Lust have taught me that who is, is; and that`s it.
My thanks to all who are able to enjoy it.

 

Heitor Werneck

 

http://www.projetoluxuria.com.br  

© 2014-2019 by Mestre Guto Lemos - all rights reserved. 

  • qVCTq7QS
  • OpuJfSgo
  • Instagram ícone social
  • Facebook App Icon
  • Twitter Mestre Guto Lemos